Topo
destaque Variedades

Andrea lambert , é gente que faz na cidade do Rio de Janeiro

“UMA PESSOA COM DEFEITOS E QUALIDADES QUE DESEJA FAZER A DIFERENÇA NA SOCIEDADE”

Foto: Reprodução

 

Médica Veterinária formada na Universidade Federal Fluminense desde 1990 , com formação profissional sempre voltada para agir em defesa dos que mais necessitam, a veterinária atuou diretamente nas mais variadas tragédias ambientais que vitimaram pessoas e animais.

Além de comparecer fisicamente aos locais socorrendo animais e ajudando seus tutores em momentos difíceis como nas enchentes de Teresópolis, Itaipava, Friburgo, Xerém e Morro do Bumba. A veterinária também desenvolve campanhas de adoção desde 2006 com mais de 15.000 cães e gatos adotados.

Também foi responsável por iniciar um movimento com abaixo assinado com apoio de vários artistas e da psiquiatra Nise da Silveira (1999) e acabou com a terrível carrocinha na cidade do Rio de Janeiro. Também foi pioneira na esterilização de animais de colônia atuando no Campo de Santana, Jockey Club, Aterro do Flamengo e Jardim do Méier.

“ATUALMENTE TEMOS UMA POLÍTICA SEM IDENTIDADE, FIDELIDADE AS IDEIAS, CUJO OBJETIVO É APENAS GANHAR AS ELEIÇÕES E SATISFAZER SEUS PRÓPRIOS INTERESSES E DESEJOS”

Os animais são negligenciados pelo executivo e o legislador se omite. Ajudar os animais e fazer a diferença é seu objetivo de vida. Hoje, a maioria dos veterinários atuam nas clínicas sem atuar na questão do abandono Andrea sempre atuou na ferida, no centro do problema, na área conflituosa, no desamparo, no combate aos maus-tratos e no “ABANDONO”.

Além da causa animal, Meio Ambiente, Acessibilidade, Saúde Pública, Cotas para Ensino Público, Andrea Lambert é conhecida pelo seu temperamento forte, sempre esforçada e destemida. Na maioria dos casos, sempre está submetida a situações de risco sempre em favor da “Causa Animal”, pois acredita na proteção e defesa animal da mesma forma que se protege um grupo social. Nossa sobrevivência depende da nossa flora e fauna. Muitas doenças de humanos proliferam devido o desmantelamento e logo, a migração demasiada mosquitos para os centros urbanos

“MEU SONHO É NÃO TER ANIMAL ABANDONADO NA RUA”

 

 

Curtiu? Compartilhe!

Deixe seu comentário