Topo
Cultura destaque

Dhenni Santos estreia “Tempos Quase Modernos” no Teatro Ziembinski

O show “Tempos Quase Modernos” foi inspirado na canção homônima de autoria de Roberto Mendes e Capinam, que acabou dando nome ao espetáculo. “Nós preparamos um roteiro musical que aborda temas relativos à inquietação causada pelo descompasso entre as evoluções da tecnologia e das relações humanas.”, comenta Dhenni Santos.

Dhenni Santos (Foto: Luciane Nardi)

Assim, o repertório é composto de músicas compostas por Caetano Veloso (“Peter Gast”), Arrigo Barnabé (“Londrina”), Gershwin (“Summertime”), entre outras. Dhenni estreia a música “A Verdadeira Paz”, de sua autoria com o compositor paulista Sonekka, ainda inédita em gravação.
Dhenni Santos sobe ao palco acompanhado apenas pelo seu diretor musical, o multi-instrumentista Léo de Freitas.
 
Um pouco sobre Dhenni Santos –  Natural de Bom Jesus do Itabapoana, interior do Estado do Rio, Dhenni Santos é cantor, violonista, professor de canto, arranjador e compositor. Iniciou sua carreira em 1998, quando criou o grupo vocal Tenkitimbrá. Em 1999 fundou a banda Fino Trato, especializada em MPB, gravando no ano seguinte o primeiro e único CD desta banda. Cantou com essa banda na noite carioca durante 3 anos, chegando a se apresentar em outras cidades brasileiras. Sua estreia solo em disco foi em 2010 com o CD ‘Do Mundo’ (Mills Records) ainda usando a grafia original de seu nome, Denilson Santos, contando com quatro músicas de sua autoria em parceria com as compositoras Luhli e Maria Olívia, entre outras músicas de grandes artistas da nossa música. Em 2014, já assinando Dhenni Santos, lançou ‘Pedra de Rio’, um disco totalmente dedicado ao repertório composto pela dupla Luhli e Lucina. Lançado também pela Mills Records, esse trabalho lhe rendeu diversas críticas positivas da imprensa especializada. Além de várias apresentações no Rio de Janeiro, Dhenni já mostrou sua música em outros estados brasileiros, como São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal. O cantor se apresentou também no exterior, no Studio des Rigoles em Paris, em maio/2012. Seu show “Tempos Quase Modernos” foi apresentado em novembro/2016 e em novembro/2017 no teatro Solar de Botafogo, no Rio de Janeiro, com grande sucesso. Fez em fevereiro/2018 no teatro do Memorial Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro, em clima de “soft-opening”, seu show comemorativo dos seus 20 anos de carreira, denominado “Só Vendo Pra Crer”, o primeiro somente com suas músicas autorais.
FICHA TÉCNICA

Direção geral e artística: João Pinheiro
Direção musical: Léo de Freitas
Voz e violão: Dhenni Santos
Teclado, acordeom, programações eletrônicias: Léo de Freitas
Participação especial: André Gabeh (voz)
DURAÇÃO: 50 minutos
DATA: 01/06/2018
HORÁRIO: 20h
PREÇO: R$40 inteira
LOCAL: Teatro Ziembinski
ENDEREÇO: Rua Urbano Duarte 30 – Tijuca – Rio de Janeiro
TELEFONE: (21) 3234-2003
Curtiu? Compartilhe!

Deixe seu comentário